sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Sapríncipe


Sapo Cururu
Na beira do rio
Quando o sapo canta, oh maninha
É porque tem frio
A mulher do sapo
Deve estar tá lá dentro
Fazendo rendinha, oh maninha
Para o casamento.
(Sapo Cururu - Cantiga Popular)

Sapito fofolengo todo feito a mão, em feltro, bordado, com apliques de botões decorados. Pode ser personalizado, com o nome bordado atrás.

Maiores informações: brisanuvemflor@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

BrisaNuvemFlor quer ouvir sua opinião. Vamos lá?